Abdominoplastia (Plástica do Abdome)

Blefaroplastia (Pálpebras) em Fortaleza
Bichectomia (Plástica das Bochechas)
27 de julho de 2017
Gluteoplastia em Fortaleza
Gluteoplastia (Prótese de Glúteo)
27 de julho de 2017

Procedimento em que se removem os excessos de gordura e de pele e, na maioria dos casos, restauram-se  os músculos enfraquecidos ou separados, criando um perfil abdominal mais suave e tonificado.

O que é Abdominoplastia ou Plástica do Abdome?

Procedimento em que se removem os excessos de gordura e de pele e, na maioria dos casos, restauram-se os músculos enfraquecidos ou separados, criando-se um perfil abdominal mais suave e tonificado. Pode ser associado a outros procedimentos, como a Lipoaspiração e a Lipoescultura. Ter um abdômen liso e tonificado é algo que muitos de nós se esforça para ter através de exercício físico e controle de peso. No entanto, às vezes, exercício físico e controle de peso não são suficientes para que alcancemos nossos objetivos. Mesmo pessoas com peso corporal e proporção normais podem desenvolver um abdômen protruso, frouxo e flácido. As causas mais comuns destas situações incluem gravidez, envelhecimento, oscilações significativas do peso, cirurgias prévias e hereditariedade.

A abdominoplastia é um procedimento altamente individualizado e você deve fazê-lo para si mesmo, não para satisfazer os desejos de outra pessoa ou para se adaptar a qualquer tipo de imagem ideal.

Este procedimento será uma boa opção para você se:

  • Você for saudável, sem patologia que possa prejudicar a cicatrização ou aumentar o risco da cirurgia,
  • Você não fuma,
  • Você tem perspectiva positiva e expectativas realistas sobre a cirurgia.

Embora os resultados de um procedimento de abdominoplastia sejam tecnicamente permanentes, o resultado positivo pode diminuir muito devido a oscilações significativas no peso. Por esta razão, pessoas que estão planejando perder peso substancial ou mulheres que consideram futuras gestações são aconselhadas a postergar a cirurgia de abdominoplastia.

A Abdominoplastia não faz:

A cirurgia de abdominoplastia não é um substituto à perda de peso ou a programa adequado de exercício físico. Ademais, a abdominoplastia não corrige estrias, embora possam ser removidas ou melhoradas, ligeiramente,  se estiverem localizadas em áreas de pele adicional que será removida, em geral, nas áreas tratadas abaixo do umbigo.

Indicação:

A Abdominoplastia é indicada para pacientes que apresentam um abaulamento flácido do abdomen, formado por excesso de gordura e, principalmente, por excesso de pele na região abaixo do umbigo. Promove um remodelamento do abdomen ao se retirar estes excessos, melhorando também a flacidez muscular ao se corrigir a separação (diastase) e/ou o enfraquecimento dos músculos abdominais de pacientem com estes problemas.

Duração do procedimento

A Abdominoplastia  tem uma duração média de 3 horas, podendo se prolongar, se for associada a outros procedimentos.

Anestesia

 Pode ser usada peridural com sedação ou geral.

Período de internação

 Os pacientes costumam receber alta após 24 horas de internação, podendo em alguns casos, este período se estender para 48 horas.

Possíveis complicações

Podem ocorrer seromas, hematomas, sofrimentos da pele, infecção, assimetrias, trombose venosa profunda, embolia pulmonar e cicatrizes inestéticas.

Pós-operatório

Após a cirurgia, curativos ou bandagens podem ser aplicados sobre as incisões e você pode ser envolto em uma bandagem elástica ou compressão para minimizar o inchaço e sustentar os novos contornos do abdômen à medida que cicatrizam. Um dreno pode ser temporariamente colocado sob a pele para drenar qualquer secreção cirúrgica que venha a se acumular. Deverá realizar sessões de drenagem linfática após a segunda semana de pós-operatório, para a melhora do inchaço e da cicatrização. Nos primeiros dias o paciente poderá necessitar de uma postura mais curvada para evitar tensão sobre a cicatriz. Poderá realizar caminhadas, corridas leves e dirigir após um mês do procedimento. O retorno às atividades físicas com peso está liberado após o terceiro mês de pós-operatório.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *